Boa tarde, hoje é dia 28/03 e são
Em Taió, +
Goleiro Follmann chega a Chapecó e continua tratamento em hospital

Foto: Eveline Poncio/RBS TV


Publicado em: 17/12/2016 18:55:25 - Por Luis Carlos
PUBLICIDADE

O goleiro da Chapecoense Jackson Follmann, último sobrevivente brasileiro a retornar a Chapecó, chegou de avião à cidade do Oeste catarinense no início da tarde deste sábado (17).


O jogador, que teve parte da perna direita amputada, estava internado desde a noite de segunda-feira (12) em São Paulo, onde foi submetido a uma cirurgia. 
O avião pousou no aeroporto Serafim Bertaso pouco antes das 12h45.


Como ocorreu com os demais sobreviventes que chegaram a Chapecó, jatos de água foram disparados ao redor da aeronave para homenageavar o atleta de 24 anos. 
No momento em que o goleiro era retirado do avião, torcedores gritavam: "O campeão voltou!" Follmann acenou e sorriu antes de ser colocado na ambulância (veja no vídeo acima).


Paulo Follmann, pai do goleiro, agradeceu o apoio ao filho. "Saímos com o objetivo de trazer ele de volta para casa e conseguimos. Obrigado a todo mundo". 
Follmann foi transferido para Chapecó em um avião equipado com UTI e ficará internado no Hospital Unimed, o mesmo onde estão o zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel.


O lateral Alan Ruschel também ficou internado, mas recebeu alta na sexta-feira (16). Neste sábado, ele conversou com jornalistas e se emocionou ao falar de sua recuperação. Ele lembrou que foi Follmann que insistiu para que ele mudasse de lugar no avião.


No hospital, o goleiro ficará nos próximos dias na mesma ala onde estão internados os outros sobreviventes. Ele terá restrição de visitas, que só poderão ser autorizadas por familiares. Também não há previsão de alta.


A expectativa é de que o jornalista Rafael Henzel seja o próximo a deixar o hospital, na segunda-feira (19). 
Follmann deixou o hospital Albert Einstein, em São Paulo, por volta das 10h20, de helicóptero. Foi levado ao aeroporto de Congonhas, de onde embarcou num jato equipado com UTI para Santa Catarina.


O goleiro chegou a São Paulo na terça-feira (13) vindo de Medellín, na Colômbia. Ele passou por uma cirurgia na coluna cervical. Desde a sua saída até a completa remoção, ele usou um colar cervical rígido, sem a sonda vesical e manteve os curativos no membro inferior esquerdo e no coto de amputação.


Minutos antes da saída do hospital, Follmann postou uma foto nas redes sociais com a camisa da Chapecoense e a mensagem "Partiu Chapecó". O jogador foi um dos seis ocupantes da aeronave da LaMia que sobreviveram à queda numa montanha próxima a Medellín, na Colômbia, na madrugada do dia 29 de novembro.


Na tragédia morreram 71 pessoas, entre atletas, membros da comissão técnica, dirigentes e jornalistas. Seis pessoas sobreviveram.


G1 

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web