Camponeses Protestam em frente ao Ministério do Des. Agrário

Manifestantes combatem modelo de desenvolvimento pautado no agronegócioManifestantes combatem. (Foto, Antônio Cruz/ABr)


Publicado em: 11/03/2014 10:46:39 - Por Valmir de Souza
PUBLICIDADE

Brasil / Manifestações - Manifestantes do Movimento Camponês Popular protestam de forma pacífica por melhores condições de trabalho no campo, em frente ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em Brasília.

 

O ato integra a Jornada de Luta em Defesa da Produção de Alimentos Saudáveis e pelos Direitos das Mulheres Camponesas que vai até amanhã (12).

 

Os camponeses, estimados em 2 mil pelo movimento e em 500 pela Polícia Militar, chegaram ao prédio, na Esplanada dos Ministérios, por volta das 5h de hoje (11). Eles montaram cerca de 200 barracas no pátio do estacionamento e nas duas portarias do edifício. Os funcionários estão entrando pela garagem do ministério.

 

De acordo com a organização do movimento, o Brasil está cada vez mais dependente da importação de alimentos básicos, enquanto exporta soja e outras commodities. Os camponeses também reivindicam a preservação da agrobiodiversidade, o respeito à identidade da população do campo e a construção da soberania alimentar.

 

Segundo Jéssica Britto, da direção nacional do movimento, a jornada acontece todos os anos no mês de março motivada pelo Dia Internacional das Mulheres. "É um momento de luta dos camponeses e de mostrar a nossa insatisfação", disse.

 

Entre os pontos centrais da pauta de reivindicações está o Plano Safra porque, segundo Jéssica, ele não atende aos pequenos agricultores. "O plano é destinado a esse público, mas quando chega nas comunidades, as famílias não conseguem acessá-lo pela burocracia e falta de assistência técnica. Isso tem causado grande exclusão dos pequenos agricultores gerando cada vez mais pobreza no campo", afirmou.

 

Os camponeses também querem mais recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e para o Programa Nacional de Habitação Rural. "Viemos denunciar o descaso com o campo", disse Jéssica.

 

O movimento espera mobilizar 3 mil camponeses de Goiás, Piauí e Bahia até o fim do dia.

 

 

A assessoria do MDA disse que nenhuma liderança do movimento entrou em contato até o momento com a pasta para agendar audiência com um representante do ministério.

 

 

Link de Origem

EBC/Agência Brasil

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web